Passo a passo. A conquista do espaço.

Passo a passo.                           A conquista do espaço.

No dia 20 de julho de 1969 um ser humano pela primeira vez pisou na Lua. Por si só este já é considerado um feito histórico. Mas este fato também acabou sendo um marco, que deu por acabada a corrida espacial e começou a desacelerar a Guerra Fria. Mas tudo que aconteceu antes disso, ou seja, a corrida espacial propriamente dita, foi um período de acontecimentos inacreditáveis, grandes descobertas, espionagem e muitos animais indo pro espaço. Dia 26 de agosto estreia em São Paulo uma grande exposição sobre este momento da história, a Expo Space Adventure. São dezenas de artefatos originais da NASA, reunidos pelo Museu e Centro de Educação Espacial de Hutchinson, Kansas, referentes aos Projetos Mercury, Gemini e Apollo. A exposição estará aberta de 26 de agosto a 26 de outubro no estacionamento do Shopping Eldorado. Como a gente, aqui na Strip Me, está sempre de olha na Lua, nos ligamos em tecnologia e gostamos de boas histórias, não podíamos deixar isso passar em branco.

O espaço sempre despertou o interesse da humanidade. No final do século XIX Julio Verne já aparecia como principal expoente da ficção científica com o clássico Da Terra a Lua, ao lado de H. G. Wells e seu A Guerra dos Mundos, que inspirou Orson Welles, em 1938, a noticiar uma invasão alienígena pelo rádio. Alguns cientistas mundo afora, inspirados nesses livros começaram a estudar  e publicar os primeiros fundamentos de foguetes que poderiam levar o homem para fora da atmosfera terrestre. Mas vamos pular essa parte e vamos ao que interessa. Vamos falar de Wernher von Braun.

Antes de se tornar o maior e mais desprezível vilão da humanidade, Adolf Hitler parecia ser um homem tão crédulo, mas tão crédulo, que beirava a ingenuidade. Qualquer um que chegasse até ele e apresentasse uma ideia minimamente interessante, ele bancava financeiramente, desde que pudesse trazer algum benefício para a Alemanha. Com menos de 30 anos de idade, Von Braun já era um engenheiro e cientista sonhador, ele queria que a Alemanha fosse o primeiro país a explorar o espaço. Para custear suas ideias, ele conseguiu entrar de penetra numa festa onde estava Hitler, chegou até o füher e lhe falou sobre seus planos. Hitler achou tudo muito interessante, mas disse ao garoto que a Alemanha estava em guerra contra o mundo e o momento não era oportuno para projetos científicos. E o rapaz retrucou dizendo: “Pois com os meus projetos, posso lhe dar a arma que fará a Alemanha ganhar a guerra.”.

O partido nazista bancou uma fábrica gigantesca para Von Braun na montanha de Kohnstein, no norte da Alemanha. Ali instalaram a fábrica e um campo de concentração, chamado Mittelwerk, que garantia a mão de obra. A fábrica era coisa de cinema, a começar que ela foi toda feita dentro da montanha e era acessada somente por dois túneis bem guardados. Ali. Von Braun desenvolveu o foguete V2, a arma responsável por destruir boa parte da Inglaterra. Era um míssil guiado, muito preciso e com alto poder de destruição, que era produzido naquela montanha em larga escala. A tecnologia do V2 seria utilizada no futuro para elaborar os foguetes espaciais.

Com o fim da Segunda Guerra Mundial, Estados Unidos e Rússia começam a competir  pela soberania do mundo. A princípio a corrida espacial se deu mais pela vontade das duas potências de desenvolver armas do que realmente explorar o espaço. A Rússia rapidamente ocupou e pegou para a si toda a fábrica de Kohnstein, mas foram os norte americanos que prenderam Wernher Von Braun, e o levaram para os Estados Unidos através do famoso Projeto Paperclip. Precisando de um gênio da engenharia para substituir Von Braun, os russos se lembraram de um engenheiro muito inteligente que estava preso num gulag na Sibéria por atos anti soviéticos. Era Sergei Korolev. A ele foi dada a escolha de servir a mãe Rússia construindo foguetes ou apodrecer no deserto gelado da Sibéria. Ele optou pela primeira opção. E não só por fazer boas escolhas Korolev era notadamente um homem genial. Fazendo engenharia reversa, ele desmontou e montou vários V2 até entender como fazê-los, e melhorá-los.

Daí em diante a coisa esquentou mesmo! Os russos conseguiram colocar o primeiro satélite artificial em órbita, o Sputnik, em 1957. No ano seguinte, mandaram uma cápsula com a famosa cadela Laika, o primeiro ser vivo a dar uma volta completa na Terra, comprovando que, pasmem, ela é mesmo redonda. Os Estados Unidos, corriam atrás e também conseguiram enviar um satélite, também mandaram cães e macacos pro espaço…mas sempre a primeira experiência era dos russos.  Fato curioso: Entre russos e norte americanos, foram mandados para o espaço durante a corrida espacial 57 cães. Não é preciso dizer que poucos voltaram vivos, já que ambos os lados ainda experimentavam e desenvolviam suas tecnologias. O uso de animais acontecia porque não se sabia se um ser humano sobreviveria no espaço.

Também foram os russos que levaram um homem para o espaço pela primeira vez. Yuri Gagarin era um piloto de aviões russo que foi promovido a cosmonauta e deu uma volta na Terra e voltou pra nos dizer que a Terra é redon… quer dizer, que a Terra é azul! Isso foi em 1961. Em 1962 foi a vez dos norte americanos, que enviaram o astronauta John Glenn. Em 1964 ainda na frente na corrida, os russos mandam a primeira mulher para o espaço, Valentina Tereshkova. Nesse meio tempo, russos e norte americanos já enviavam satélites e sondas não tripuladas para a Lua com certa frequência. Em 1961 a Nasa se organiza e coloca em prática o projeto Apollo, que levaria o homem a pisar na lua 8 anos depois. Finalmente em 20 de julho de 1969 os Estados Unidos conseguiram ser os primeiros naquela corrida, justamente no ato mais importante. Neil Armstrong pisou na Lua dando um pequeno passo para homem, mas um grande passo para humanidade. Em solo lunar deu pulinhos, jogou futebol e fincou ali a bandeira norte americana.

Dali em diante, a corrida espacial cessou, dando espaço a política e economia, fazendo com que a guerra, que já era fria, esfriasse um pouco mais. Em 1988 vem a Perestroika e a Glasnost.  Em 1989 cai o muro de Berlim. Em 1990 Boris Yeltsin assume a presidência da União Soviética. Em 1991 a Ucrânia se torna independente, acontece em Moscou o festival Monster of Rock e a União das Repúblicas Socialistas Soviéticas é finalmente dissolvida. Acaba a Guerra Fria.

A corrida espacial foi um período muito intenso da história moderna, e rendeu muito mais do que lixo espacial. A tecnologia avançou horrores. Pra se ter ideia, as bases do GPS e dos telefones celulares surgiram naqueles laboratórios. Isso sem falar em dezenas de filmes como Apollo 13, Os Eleitos, Cowboys do Espaço, Gravidade e etc. Indo muito além da corrida espacial, a Strip Me traz até você todas as fases da lua, o sistema solar, e até os mistérios de contatos imediatos com vida inteligente fora daqui, que nos faz ter aquela vontadezinha de gritar “Me leva!” de vez em quando. Olha, a gente super entende que, às vezes, a vontade é essa mesmo. Mas antes de ir, dá uma conferida nas nossas novas estampas!

Vai fundo!

Para ouvir: Uma playlist no capricho com o que há de melhor no Space Rock. Top 10 Tracks Space Rock.

Para assistir: Como foi citado, tem muitos filmes legais sobre o tema. Muitos mesmo. Mas um dos melhores com certeza é Os Eleitos (The Right Stuff, título original), lançado em 1983 e dirigido pelo Philip Kaufman. Um filme que retrata muito bem o clima da corrida espacial com muita ação e grandes atuações.

Adicionar um comentário


Cadastre-se na Newsletter
X

Receba nossos conteúdos por e-mail.
Clique aqui para se cadastrar.