Altamont Speedway Free Festival: por João Vitor Grassi

Altamont Speedway Free Festival: por João Vitor Grassi

Em Agosto de 1969, o gigante Woodstock Music & Art Fair provou que, com organização, era possível reunir milhares de jovens por 3 dias de paz, música, amor, e claro, muito ácido!

Stones Altamont

Em dezembro do mesmo ano, os membros da banda Jefferson Airplane queriam fazer uma espécie de Woodstock no velho oeste. Os shows seriam gratuitos e teriam bandas como Rolling Stones e Grateful Dead no line-up. Ao se referir aos Stones, o baterista do Jefferson Airplane foi enfático: “Perto dos Beatles eles são a maior banda de Rock n Roll do mundo e nós queremos que eles experimentem o que nós estamos experimentando em São Francisco.”

O evento aconteceu no dia 6 de dezembro de 1969 e teve show das bandas Flying Burrito Brothers; Santana; Jefferson Airplane; Crosby, Stills, Nash & Young; e, claro, os Rolling Stones fechando a noite. Mas a grande e tão esperada festa ao ar live não saiu como os organizadores imaginaram e foi marcada por vários incidentes, incluindo uma morte.

STONES ALTAMONT STONES ALTAMONT

Tudo começou quando os produtores dos Stones resolveram, por recomendação do Grateful Dead e do Jefferson Airplane, chamar a gangue de motoqueiros “Hell’s Angels” para participar do evento, uma vez que essas mesmas bandas já tinham trabalhado com a gangue anteriormente em outros eventos, sem nenhum imprevisto ou incidente.

As bandas concordaram em pagar 500 dólares cada uma para os Hell’s Angels, apenas para que eles tomassem cerveja e impedissem que alguma coisa saísse fora do controle. O que, obviamente, deu muito errado.

STONES ALTAMONT Altamont3

No começo do evento, tudo corria bem, até que no show do Santana as duas partes, público e Hell’s Angels, já estavam fora de controle, completamente bêbados e malucos, quando começaram a se desentender. Na apresentação do Jefferson Airplane a plateia já tentava invadir o palco, e os Hell’s Angels, tentando conter aquilo tudo, acabaram agredindo com um soco o vocalista Marty Balin, deixando-o inconsciente por alguns minutos.

O pessoal do Grateful Dead, ao saber do ocorrido, resolveu pegar o próximo helicóptero, indo embora do evento o mais rápido possível, nem se quer se apresentando.

Já com o clima tenso no ar, sobrou para os Stones a difícil tarefa de tentar acalmar o insano público do festival. Abriram o show com a explosiva Jumpin’ Jack Flash, seguida por Carol de Chuck Berry. A terceira música foi Sympathy for The Devil, que teve que ser interrompida por mais uma briga entre público e Hell’s Angels.

Após os nervos se acalmarem, a banda retoma a música com Mick Jagger dizendo: “It always happened something very funny when we start that number.” Irônico, né!?

Altamont4ok

O show continua, e, de repente, no meio da música Under My Thumb, o incidente mais trágico dessa história acontece. O jovem de 18 anos, Meredith Hunter, que tentava subir no palco junto com outros fãs, é pego por um dos Hell’s Angels, que desfere sobre ele facadas nas costas. O jovem morre logo após.

A banda, sem saber do grave ocorrido, continuou seu show até o final, terminando a noite trágica que nos deixa uma lição: nem sempre é bom reunir 300 mil malucos, no meio do nada, sem organização nenhuma.

Ficou curioso e quer saber mais sobre essa história? Tudo isso foi filmado e pode ser visto no documentário Rolling Stones – Gimme Shelter. Pegue o balde de pipoca, e enjoy!

 


Sobre a Strip Me:

A Strip Me desenvolve produtos originais e de alta qualidade. Seu foco é o desenvolvimento de camisetas de cultura pop, camisetas de filmes e camisetas de rock, além da linha de acessórios exclusivos. Confira tudo em nossa loja virtual: www.stripme.com.br

Especial Dia das Crianças: pequenos grandes fenômenos

Especial Dia das Crianças: pequenos grandes fenômenos

O showbiz é lugar de gente grande, porém, de tempos em tempos garotos e garotas prodígio aparecem para fazer muito barulho e mudar as regras do jogo, introduzindo influências e costumes de uma nova geração na cultura popular. Tudo isso com hora pra dormir, porque amanhã tem aula 😉

Jackson 5

Em 1964, os irmãos Jackie, Tito, Jermaine, Marlon e Michael começaram a se apresentar no circuito de shows de talento no meio-oeste dos Estados Unidos. Sob tutela do pai Joe Jackson, os irmãos ,que na época tinham entre 18 e 11 anos, assinaram com a Motown em 1969 e emplacaram 17 singles na Hot 100 da Bilboard, com os 4 primeiros chegando ao topo da lista. Na década de 80 o Jackson mais jovem, Michael, que começou sua carreira musical aos 6 anos de idade seguiu carreira solo e se tornou o maior ícone da música pop.

 

Silverchair

Uma das maiores bandas de rock da Austrália gravou seu primeiro disco, Frogstomp, em 1995. Os integrantes, todos com 15 anos na época, ainda frequentavam o colégio que os uniu. Após quase duas décadas de sucesso comercial e de crítica, a banda decidiu se aposentar em 2011, aos 31 anos de idade.

 

The Strypes

Os Irlandeses do Strypes formaram a banda em 2011 e não olharam para trás desde então. Nesses 3 anos eles passaram de pequenas apresentações na cidade Irlandesa de Carvan para turnês na Europa, Japão e América do Norte. O sucesso no YouTube com um cover do bluesman Bo Diddley, rendeu elogios de Liam Gallagher, Dave Grohl, Jeff Beck e do Sir Elton John. A banda lançou seu primeiro disco, chamado Snapshot, em 2013. E tudo isso aos 16 anos. Ouch.

 

Lorde

Essa neozelandesa de 17 anos emplacou o hit Royals em 2013, se tornando a artista solo mais jovem a liderar a parada americana da Billboard. Destacada em publicações da Times e Forbes como uma das adolescentes mais influentes da atualidade, ela se destaca por ser o avesso de suas artistas contemporâneas já que aborda temas mais profundos em suas músicas e é engajada em questões feministas.

 

Jordy

Filho de um produtor musical francês, Jordy foi atingiu o estrelato 1992 com 4 anos de idade. O single “Dur dur d’être bébé”  (“É duro ser bebê”) e entre uma fralda e outra, se tornou fenômeno mundial, é o artista mais jovem a atingir o topo da Billboard segundo o Guiness book, teve um reality show na Venezuela para encontrar uma sósia do pequeno francês e uma atração turística com seu nome. Hoje com 26 anos, Jordy segue na carreira musical se apresentando com sua banda, The Dixies.

 


Sobre a Strip Me:

A Strip Me desenvolve produtos de alta qualidade. Seu principal enfoque são camisetas com estampas criativas e modelagem exclusiva. Em nossa loja virtual, além de camisetas de filmes, camisetas de rock, camisetas de banda e camisetas de cultura pop, você também encontra nossa linha de acessórios. Acesse: www.stripme.com.br

10 músicas de política e protesto que marcaram a história

10 músicas de política e protesto que marcaram a história

Domingo, todo mundo sabe, é o dia da eleição. Para entrar no tema, selecionamos 10 músicas políticas e de protesto que marcaram a história. Aumenta o som e dá o play!

– Creedence Clearwater Revival – Fortunate Son

 

– Gil Scott Heron – The Revolution Will Not Be Televised

 

– Rage Against The Machine – Killing In The Name

 

– Bob Dylan: Blowing In The Wind

 

– The Clash – Clampdown

 

– Bob Marley – Get Up Stand Up

 

– John Lennon – Power to the People:

 

– The Who – Won’t Get Fooled Again:

 

– Sex Pistols – God Save the Queen:

 

– Public Enemy – Fight The Power:

 

Bônus:

– Billie Holiday – Strange Fruit:

http://www.youtube.com/watch?v=h4ZyuULy9zs

 

– Rolling Stones – Street Fighting Man:

 

Gostou?

Tem mais alguma pra entrar na lista?

Deixa aqui seu comentário!

 


Sobre a Strip Me:

A Strip Me desenvolve camisetas com modelagem e conceitos únicos. As estampas criativas e originais são abordadas em temas como camisetas de banda, camisetas de rock, camisetas de cultura pop e camisetas de filmes. Além disso, na loja virtual você também encontra a linha de acessórios exclusivos da marca. Acesse: www.stripme.com.br

Jailbreak: as histórias que estampam a camiseta

Jailbreak: as histórias que estampam a camiseta

jailbreak

Uma das preferidas aqui na Strip Me é a Camiseta Jailbreak; que em sua estampa apresenta diversas estrelas da música no momento em que tiveram que tirar aquela famosa foto na delegacia.

O termo para essas fotos é “Mug Shot”, e elas são feitas, tanto aqui no Brasil como lá nos Estados Unidos, para arquivo da polícia logo após o momento da prisão.

Na camiseta Strip Me Jailbreak escolhemos um time sensacional de músicos que se envolveram em situações complicadas com a lei, são eles: Mick Jagger, David Bowie, Elvis Presley, Jimi Hendrix, Frank Sinatra e Jim Morrison.

O porque das fotos

Mick Jagger

jailbreak3Mick, eterno bad boy do rock and roll, já se envolveu em inúmeras confusões com a polícia. Para a Camiseta Jailbreak nós escolhemos uma foto de 1966, onde ele foi preso por posse de “cannabis sativa”, aka maconha.

David Bowie

jailbreak1Já o Bowie, que também estampa nossa camiseta, coleciona algumas prisões em flagrante e condenações. Para a estampa, escolhemos uma foto de 1976, quando ele foi preso em NY por posse de maconha, em meio a uma turnê em conjunto com o Iggy Pop.

Elvis Presley

Elvis também foi preso mais de uma vez. A primeira nos anos 50, por dirigir acima do limite de velocidade. E a segunda, na foto que está na nossa camiseta, em 1976, por se envolver em uma confusão com outra lenda do rock and roll: Jerry Lee Lewis. Diz a lenda que a confusão se deu porque Jerry, provavelmente alcoolizado, insistia em ver Elvis em sua casa em Graceland. Sabe-se lá porque os dois acabaram discutindo e a confusão foi parar na delegacia.

Jimi Hendrix

http://www.youtube.com/watch?v=-CNh5kaVqgI

Sem sombra de dúvidas o maior guitarrista de todos os tempos também era um mestre na arte da confusão. A foto da nossa estampa, de 1969, é de uma prisão em Toronto, no Canadá, por porte de haxixe e heroína.

Frank Sinatra

jailbreak2Francis Albert Sinatra, mais conhecido como Frank Sinatra, era, além de um dos maiores talentos da música mundial, também um bon vivant de primeira categoria. A foto da estampa, de 1938 – quando ele tinha apenas 23 anos, é decorrente de uma prisão por adultério e sedução (!!!).

Jim Morrison

O eterno frontman do The Doors, também era um especialista em confusões, tanto que já foi preso até no palco, em um show de 1967. A foto que ilustra nossa camiseta é de 1970, quando Jim foi preso na Flórida por profanação e indecência.

Demais essas histórias, né? Aproveita e deixe aqui seu comentário! 😀

 


Sobre a Strip Me:

A Strip Me desenvolve camisetas exclusivas. Camisetas de rock, camisetas de bandas,  camisetas de filmes e camisetas de cultura pop são produzidas com máxima qualidade e estampas criativas e originais. Além disso, a marca também desenvolve sua linha de acessórios. Acesse: www.stripme.com.br

Porque hoje é sexta!

Porque hoje é sexta!

Sexta-feira, dia mundial de esquecer chefe, trabalho, metas, prazos, horários… Dia mundial da festa, dos amigos, da balada, da diversão, alegria e tudo o mais que rolar até o domingo a noite.

E nessa pilha consultamos nossos especialistas (oh, yes, habemus especialistas!) e preparamos uma playlist treta pra bombar seu fim de semana. Aperta o play e vamo aí!

– David Bowie: Modern Love

http://www.youtube.com/watch?v=TaFvitDHMag

 

– The Strokes: Reptilla

 

– The Rolling Stones: Brown Sugar

 

– Arctic Monkeys: I Bet You Look Good On The Dance Floor

 

– Cage The Elephant: Spiderhead

 

– Kings of Leon: Molly’s Chambers

 

– The Black Keys: Lonely Boy

 

– Robin Thicke – Blurred Lines ft. T.I., Pharrell

 

– Jack White: I’m Shakin’

 

– Michael Jackson – Don’t Stop ‘Til You Get Enough

 

Curtiu? O que faltou nessa lista? Deixa sua dica nos comentários! 😉

 


Sobre a Strip Me:

A Strip Me desenvolve camisetas e acessórios de alta qualidade. As estampas criativas e originais tem como enfoque camisetas de rock, camisetas de filmes, camisetas de bandas e camisetas de cultura pop, além da linha exclusiva de acessórios. Acesse: www.stripme.com.br

Cadastre-se na Newsletter
X

Receba nossos conteúdos por e-mail.
Clique aqui para se cadastrar.